CSD Câmara Lobos abdica de participar na 2.ª divisão nacional

 O Centro Social e Desportivo de Câmara de Lobos abdicou de participar na 2.ª divisão nacional de futebol 2013/14. Uma decisão tomada esta tarde pela direcção do clube campeão da Divisão de Honra Regional.

Higino Teles explicou, em conferência de imprensa, que apesar de todas “as diligências efectuadas e esforço dispendido” pelo clube e por outras entidades a decisão de abdicar da participação nos nacionais deve-se a diversos factores, concretamente “os elevados custos” e “a ausência de garantias financeiras que sustentariam a referida participação” no Campeonato Nacional.

Adiantou que grosso modo as viagens aéreas, alojamento, alimentação, transfers, organização de jogos e inscrição da equipa custariam cerca de 120 mil euros, valores que obrigam “a ter garantias reais” caso contrário é arriscado assumir uma participação numa competição com 10 equipas na primeira fase e oito numa 2.ª fase e que implica a realização de 32 jogos. O presidente do Câmara de Lobos lamentou a “falta de sensibilidade e de frontalidade da parte de algumas entidades com responsabilidades na matéria” para mais num ano em que o acesso à 2.ª divisão é directo. Por outro lado a equipa participar num campeonato mais competitivo seria de “crucial importância para o futebol e para o jogador madeirense”.
Com o Câmara de Lobos a abdicar, pode eventualmente abrir-se a hipótese do Canicense preencher a vaga do representante madeirense na 2.ª divisão nacional.